Como Manejar Distúrbios Comportamentais Característicos da Doença de Alzheimer?

Atividades ocupacionais devem ser implementadas com vistas à estimulação cognitiva e ocupacional do tempo livre de forma produtiva e significativa, para maior adesão do paciente às atividades, as mesmas devem ser individualizadas, levando em conta seu histórico de vida;

Atividades e seu impacto no comportamento:


Atividade de Musicoterapia: diminui a agitação, agressão e alterações do humor.
Atividade de Caminhada e atividade física leve: diminui o comportamento de perambulação, de agressividade e agitação psicomotora;
PET-terapia (ainda sem consenso): mas poucos estudos com essa intervenção destacam melhora no funcionamento social.

Adaptação ambiental e estratégias compensatórias externas, como uso de calendário, relógio de parede, categorização da organização de objetos: diminui a agitação.

Estimulação e/ou reabilitação cognitiva: melhora a orientação tempo-espaço do paciente, leve melhora no desempenho cognitivo, diminui agitação e aumento modesto da atenção. Além de proporcionar melhor qualidade de vida para o paciente e cuidador.