Doenças

Demências Potencialmente Reversíveis

Kaouê Lopes
CRM 139681

O que são demências potencialmente reversíveis?
Demências potencialmente reversíveis abrangem um amplo grupo de doenças ou situações clínicas que causam prejuízo no desempenho cognitivo das pessoas e que podem ser tratadas com sucesso se o diagnóstico e o tratamento forem realizados em tempo hábil. Nesse sentido, podemos observar na prática clínica que muitos pacientes com queixas de problemas na memória , falta de concentração, dificuldade na realização de atividades cotidianas podem apresentar tais sintomas devido a quadros depressivos, déficits carenciais, distúrbios hormonais ou outras alterações sistêmicas. O diagnóstico dessas enfermidades pode levar a tratamentos específicos com o intuito de reverter completamente ou parcialmente as queixas cognitivas iniciais. Estudos divergem sobre a prevalência de tais demências, que pode variar de 0 a 30% segundo alguns trabalhos.

Leia mais...

Hidrocefalia De Pressão Normal (HPN)

Dr Antonio Eduardo Damin
CRM 104274 SP

O que é HPN e qual se quadro clínico?

A HPN é uma doença que afeta pessoas nas 6a. e 7a décadas de vida com igual proporção entre homens e mulheres. Em geral, as pessoas acometidas iniciam com dificuldade progressiva da marcha, caracterizada por um andar com passos pequenos e tendência a manter os pés colados ao chão. Posteriormente, os pacientes iniciam uma sensação de urgência para urinar que evolui para incontinência urinária. Por fim, surge dificuldade cognitiva progressiva, caracterizada por dificuldade de atenção, alentiecimento do pensamento, apatia, déficit de memória e dificuldade para realização de atividades diárias, caracterizando um quadro demencial. Além do quadro clínico típico com os três sintomas acima (alteração da marcha, do controle da micção e da cognição), chamada de tríade clássica da HPN, os exames de imagem, como a tomografia computadorizada e/ou a ressonância magnética, mostram aumento do volume dos ventrículos laterais, que é o espaço onde se localiza o líquido cefalorraquidiano, que em linguagem médica é designada de hidrocefalia. Como nesta doença não há evidências de aumento da pressão intracraniana tais como dores de cabeça ou visão dupla e os exames também não demonstram aumento da pressão intracraniana, esta doença é chamada de Hidrocefalia de Pressão Normal.

Leia mais...

Demência vascular

Dra Maria Niures Matioli
CRM 59390

1) O que é demência vascular(DV)?
A falta de irrigação de sangue no cérebro por obstrução (isquemia) ou por sangramento (hemorragia) de um vaso sanguíneo cerebral pode ocasionar o acidente vascular cerebral (AVC), , respectivamente o AVC isquêmico e AVC hemorrágico, ambos conhecidos popularmente como "derrame cerebral". Quando o quadro de demência é justificado pela isquemia ou pela hemorragia cerebral é dito então que o paciente apresenta demência vascular. O AVC pode ser único em área de grande importância para a cognição, múltiplo ou até mesmo o comprometimento dos pequeninos vasos cerebrais situados em regiões mais profundas do cérebro, todos esses podem levar à demência vascular.

Leia mais...

Degeneração Lobar Frontotemporal

Dra. Valéria Santoro Bahia
CRM 75545 SP


A Degeneração Lobar Frontotemporal é um diagnóstico que engloba três doenças: a Demência Frontotemporal, a Demência Semântica e a Afasia Progressiva não Fluente.
Essas doenças estão relacionadas a um processo neurodegenerativo que acomete as regiões frontais e temporais do cérebro. O termo lobar provém do modo de designar as regiões do cérebro como lobos (pronuncia-se lóbo): lobo frontal, lobo temporal, lobo parietal, lobo occipital, lobo da ínsula e lobo límbico).

Leia mais...

Doença Com Corpos De Lewy E Demência Na Doença De Parkinson

Dra Sonia Maria Dozzi Brucki(crm 62916) e Carla Guariglia(crm 91395)


Tanto a Doença com Corpos de Lewy quanto a demência na Doença de Parkinson são devidas a um acúmulo de uma proteína chamada sinucleína no cérebro, que se acumulam e formam os Corpos de Lewy, daí o nome da doença. São doenças degenerativas e ambas tem características clínicas semelhantes e estão associadas a alterações motoras do tipo parkinsonianas. Quer dizer, tem alterações na parte motora, como: tremor de repouso, uma lentidão nos movimentos e uma rigidez nos braços e pernas.


Leia mais...